Já imaginou dirigir pelo centro de São Paulo, por exemplo na Avenida Paulista, e de repente, um pneu do carro estourar? Seria um grande caos, certo? Afinal, essa é uma das vias mais movimentadas da cidade, e você teria grandes problemas para resolver a situação. Por isso mesmo, é muito importante saber quando os pneus estão carecas.

Confira no post a seguir, quais sinais indicam que o pneu está careca e com riscos. Veja também como evitar essa situação. Boa leitura!

Quais os sinais de que os pneus estão carecas?

Andar com pneus carecas é proibido pelo Código de Trânsito Brasileiro, já que se trata de um equipamento obrigatório inadequado. Mas além de proporcionar multas e pontos na carteira, os pneus carecas são frágeis. Por isso, é importante atenção a eles, para saber quando está na hora de comprar pneus novos.

Sulcos lisos

Os sulcos são as linhas mais profundas na parte central do pneu. Eles garantem estabilidade e têm função extremamente importante em dias de chuva. Mas para isso, é preciso que tenham a espessura adequada. Ou seja, quando ficam lisos, é um indício de que está na hora da troca.

Carro desalinhado

Quando o veículo “puxa” para um dos lados, pode ser indício de desgaste nos pneus. Isso porque, eles podem interferir no funcionamento de outras peças, por exemplo, no sistema de suspensão. Além disso, quando os pneus gastam, você pode sentir uma vibração no próprio volante.

Freio irregular

Outro sinal de pneu careca é quando você não consegue frear imediatamente. Como os pneus são responsáveis pelo atrito com a pista, quando estão lisos — sem sulcos —, fica mais difícil conseguir frear. Nesse caso, o carro pode ter maior distância de frenagem e até derrapar, em pista molhada.

Como evitar que os pneus fiquem carecas?

Pneus carecas são muito perigosos e irregulares. Por isso, é importante evitar essa condição sempre acompanhando essas peças e seguindo alguns cuidados.

Meça o sulco regularmente

O sulco de um pneu deve ter a profundidade mínima de 1,6mm. Mais do que isso, quer dizer que está desgastando e ficando careca. Por isso, é importante medi-lo regularmente — conforme a quantidade de quilômetros rodados.

Com um paquímetro ou no centro automotivo, você consegue essa medida precisa. Outro teste simples, é usar uma moeda de um real, pois sua borda dourada tem espessura similar ao sulco.

Dessa forma, você deve encaixá-la verticalmente nele. Caso a borda dourada fique escondida, o pneu está em boas condições. Do contrário, está na hora de trocar.

Ande em pistas planas

Quanto mais planas forem as pistas em que o seu carro roda, mais durabilidade os pneus terão. Nesse sentido, se você for a algum lugar de terreno acidentado, tente usar um veículo mais apropriado a essas condições.

Faça a revisão do carro

Fazer a revisão regular do veículo é uma forma de evitar problemas. Além do check up necessário, é indicado que você sempre faça o balanceamento e alinhamento. Dessa forma, é possível preservar os sistemas do carro e, consequentemente, garantir a vida útil dos pneus.

Troque os pneus

Mesmo se não for o caso de os pneus estarem carecas, você deve ter atenção ao momento de comprar pneus novos. Se você usa pouco o veículo, pode trocar os pneus depois de cinco anos, mas sempre menos que dez. Afinal, eles se desgastam naturalmente.

Já se você roda em terrenos irregulares ou por muitos quilômetros, pode ser que a troca aconteça em menos tempo.

Compre pneus de qualidade

A qualidade dos pneus interfere diretamente em sua vida útil e na capacidade de ficarem carecas logo. Por isso, sempre que fizer uma compra, opte por boas marcas. Os Pneus Continental, por exemplo, usam tecnologia alemã para garantir o desempenho do carro e a durabilidade do pneu.

Saber se os pneus estão carecas, é uma das melhores formas de preservar o carro e evitar acidentes. Com algumas dicas de manutenção, além da atenção aos sinais de gasto, você pode prevenir problemas e comprar pneus novos no tempo certo.

Gostou do post? Compartilhe em suas redes sociais como ver se os pneus estão carecas!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.